22 de mar de 2013

The Economist : "Minas é o estado mais bem gerido do país"



Para 'Economist', Aécio terá que lutar para passar sua mensagem em 20

A gestão de Aécio Neves (PSDB) no governo de Minas Gerais e seu discurso oposicionista para a eleição de 2014 são destaques de reportagem publicada na edição desta semana da revista britânica "The Economist".

Em texto com o título de "o remédio de Minas", a publicação relata a experiência do mineiro ao recuperar as contas do Estado e analisa as dificuldades dos tucanos em ganhar votos com o discurso do chamado "choque de gestão".

"O governo do Estado tinha 21 secretarias que foram fundidas em 15 (desde então se arrastaram de volta até 19). Neves fez um corte de 45% na folha salarial, limitando o salário do setor público e deixando 3.000 postos de trabalho não preenchidos", conta a reportagem.

A revista lembra que, com essa gestão, Aécio ganhou um segundo mandato como governador e depois conseguiu eleger o aliado Antonio Anastasia.

É citado ainda uma pesquisa da consultoria Macroplan que coloca Minas como o Estado mais bem gerido do país

Folha de São Paulo