8 de mar de 2013

Aécio comemora liderança de Minas na educação pública



Brasília – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) apontou, nesta quinta-feira (07/03), a qualidade dos servidores e da gestão em Minas como as razões para os resultados obtidos pelos estudantes mineiros em relatório da ONG Todos Pela Educação. A organização avaliou o conhecimento de matemática dos alunos do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio. Os resultados da educação pública mineira foram os melhores do país em todas as faixas analisadas.

“Esse registro é também homenagem aos docentes e àqueles que militam na educação em Minas. Nas séries pesquisadas, Minas repete o que já havia acontecido no Ideb, quando também lideramos a avaliação média do ensino fundamental. Esses dados apontam para os caminhos que podem ser perseguidos. Com a gestão eficiente, com a valorização dos docentes, com o estabelecimento de metas, os resultados são esses que hoje anunciamos ao Brasil”, afirmou o senador Aécio.

A ONG Todos Pela Educação monitora metas e resultados de escolas públicas e privadas no país desde 2008. No 5º ano do Ensino Fundamental, Minas registrou 49,7% dos alunos com bom desempenho em matemática – índice superior à meta estabelecida de 35,4% e ao resultado nacional de 32,4%. No 9º ano, o estado obteve 21,9%, o melhor desempenho entre todos os estados e quase o dobro dos 11,7% da média nacional. No 3º ano do Ensino Médio, Minas Gerais obteve o melhor índice no país com 9,7%. O Brasil registrou 5,2%.

Minas Gerais apresenta melhoria de indicadores sociais desde 2003, quando foi implementado pelo então governador Aécio Neves, o Choque de Gestão, e passou a gastar menos com o Estado para investir mais na qualidade dos serviços oferecidos à população.

Baixo desempenho

Aécio Neves lamentou que em, 10 anos, o governo do PT não tenha conseguido dar qualidade à educação no país. A média nacional das escolas públicas ficou abaixo das metas estipuladas em todas as séries pesquisadas.

O aprendizado de matemática no ensino médio chegou a piorar entre 2011 e 2012. A média dos alunos caiu de 5,8% para 5,2%. No 9º ano do ensino fundamental, o Brasil registrou 11,7%, menos da metade da meta traçada de 25,4%. No 5º ano do Ensino Fundamental, o Brasil também ficou abaixo da meta. A média foi de 32,4%, enquanto a meta era de 36,3%.

“Dados da organização mostram infelizmente que, em níveis gerais, o Brasil continua muito distante das metas estabelecidas para esse ano, que regrediram inclusive em relação a metas alcançadas ano passado”, disse o senador Aécio Neves.

Leia, abaixo, a declaração na íntegra.

“Hoje, alguns dos principais jornais nacionais divulgam dados da organização não governamental Todos Pela Educação, que monitora o desempenho e a qualidade da educação brasileira, em especial no que diz respeito à matemática. Infelizmente, em níveis gerais, o Brasil continua muito distante das metas estabelecidas para esse ano, que regrediram, inclusive, em relação a metas alcançadas ano passado.

Mas, pela minha origem mineira e pelo fato de ter governado por dois mandatos o meu estado, não posso deixar de fazer um registro que é também de homenagem a todos os docentes e àqueles que militam na educação em Minas Gerais. Foi o nosso estado que alcançou os melhores indicadores, tanto no ensino fundamental, quanto no ensino médio.

Nas séries pesquisadas, no 5º e no 9º ano do ensino fundamental e no 3º ano do ensino médio, Minas repete aquilo que já havia acontecido quando do Ideb, onde também lideramos na avaliação média do ensino fundamental. Apesar, repito, dos graves números que nos colocam ainda em uma distância muito grande de patamares razoáveis de um país que queira crescer e superar efetivamente a pobreza e a miséria, esses dados apontam para os caminhos que podem ser perseguidos. Com a gestão eficiente, com a valorização dos docentes, com o estabelecimento de metas, os resultados são esses que hoje anunciamos ao Brasil”.

PSDM-MG